Inutilidades Escatológicas

Ou o que se aprende durante mais ou menos uma semana.

  • Que não importa o quanto você ache aquele menino imbecil. Não importa o quanto todos os seus colegas de classe concordem com você. Não interessa se ele só abre a boca para falar coisas igualmente imbecis. Ficar mandando ele fechar a boca-ânus dele, baixinho, não vai resolver a situação. E perguntar, à sua amiga, por quê é que ele não se mata também não faz a mínima diferença.
  • Que pior do que cair um raio na sua cabeça é cair um diâmetro nela. Er, ninguém nunca disse que professores de matemática precisam ser levados à sério. Disse?
  • Que o seu professor de geometria tem uma filha de 20 anos, que estuda na Faculdade Federal de Caruaru, mora com o namorado e esconde isso da mãe.
  • Que o seu professor de geografia percebeu que você emagreceu e cortou o cabelo. Adicione isso ao comentário: “Até que você está ficando melhorzinha!”. Nossa, me senti muito melhor depois dessa.
  • Que se você pôr uma caneta da metal no buraco da tomada, não vai tomar choque (desde que esteja usando sapatos isolantes não-molhados e não faça contato com a Terra de jeito nenhum-encostando a mão na parede, por exemplo). Mas, por favor, não tentem fazer isso em casa. Se minhas leitoras morrerem eletrocultadas, quem comentará aqui?
  • Que sua voz é irritante para pelo menos 3 pessoas que você conhece, sendo que nenhuma delas simpatiza com você nem mesmo remotamente. O que faz você não dar muita bola pro comentário. Mas dá bola o suficiente para encher a paciência do seu namorado dizendo que, tendo a voz irritante como tem, não poderá ser âncora da Globo!
  • Que seu namorado, por causas masculinas que explicarei um dia, prefere seu cabelo liso e longo. E que você também prefere assim, mas preferia que ele preferisse do outro jeito, pois da menos trabalho.
  • Que todos do cursinho devem acreditar que você tem poderes previsíveis, já que ninguém passa na sala e/ou deixa um aviso dizendo quando é o próximo simulado, o que faz você simplesmente enlouquecer quando vê que é já nesse domingo. E ninguém percebeu que você nunca ganhou na loteria. Argh!
  • Que as suas apostilas riem e apontam na sua cara. Elas zombam de você, chamam você para um briga mortal. Mas você está cansada demais para isso e levanta para comer um chocolate e ver uma reprise de 15 minutos.
  • Que Atroveran é placebo. E depois que você descobre que é placebo, não funciona mais. Agora, você só vai poder tomar Buscopan, que provavelmente é placebo também, mas pelo menos você ainda acredita.
  • Que você não faz idéia do significado da palavra escatológica, mas ela encaixou tão bem no título que ela, provavelmente, foi criada para ele. E ponto final!

Às vezes em aprendo um pouco de Função Polinomial do 1° grau só pra sair um pouco da encheção de saco.

PS.: Sim, eu sei que dicionário existe.

Quem gostaria de trocar e-mails? Eu sei que as pessoas devem achar esse negócio de carta meio chato, mas eu adoro! Se estiver interessado, please, deixe seu e-mail no comentário ou mande um e-mail para mim: mandyy.x@gmail.com

Anúncios

19 thoughts on “Inutilidades Escatológicas

  1. Aah obrigada, eu só na me considero uma cdf depois de ver o boletim de um amigo que se tirou 3 notas SEM ser 0 foi muito xP

    O livro é realmente bom, a história de amor é linda e não é besta como filme de sessão da tarde não, é realmente lindo e vc aprende bastante com o livro fora que é bem humorado algumas vezes. Agora eu to lendo Crepúsculo vc já leu?! É ótimo tbm, minha falava tanto nele que não resisti. Quais são esses livros que vc quer ler?!

    Vc mora em PE? Caramba, ultimamente tenho achado tantas blogueiras daqui do Recife 😀
    Vc tbm assisti 15 minutos?! É tão engraçado o Marcelo Adnet fazendo aquelas imitações né? E eu adoro o Kyabbo hashduahsda 😉

    Beijos :*

  2. Adorei a última, do título. É seu mesmo, então você coloca o que quiser.
    Tem um menino na minha sala que é muiito besta e agora dá uma de emo. Toda hora tem alguém mandando ele calar a boca.
    Bom final de semana
    Beijos com carinho =*

  3. – COnheço um cara imbecil .. mas já desisti de tentar calar a boca dele, pois quanto mais você manda, masi ele fala.
    -Não entendi a do raio, nunca entendi mtm mesmo
    -Fodona a filha do professor.
    -Até que você tá melhorzinha ? ahh, com certeza ele fez o seu dia mais feliz ¬¬’
    -a da caneta tem que ser muito calculado, mas você fez? Oo’]
    -a minha voz também é irritante
    -quais são as causas masculinas? o meu namorado também prefere meu cabelo longo ..Oo’
    -as apostilas riem da nossa cara mesmo, e eu odeio elas!
    -atroveram é placebo ?
    – amei o título

    haha ;D

  4. mandieee 😉
    Que semaninha terrivel não rs
    “Que as suas apostilas riem e apontam na sua cara. Elas zombam de você, chamam você para um briga mortal. Mas você está cansada demais para isso e levanta para comer um chocolate e ver uma reprise de 15 minutos.”
    tah, to sem a reprise e o chocolate, mas que eu não consigo estudar para as benditas provas em que eu vou ter que tirar uma Srª Nota la na facul, isso é verdade =/
    Preciso começar a jogar na loteria…

    Ah, vc me disse em um comentario à um tempo atras
    (sim, eu so to atualizando a cada 2 milenios rs)
    que qdo tava sem inspiração so escrevia m****
    bom, eu só peguei vc inpirada então
    adorooo os seus posts
    beijjooss 😉

  5. Hahahaha, realmente as apostilas (não só as de curisnho) parecem ficar rindo da nossa cara o tempo todo ¬¬ irritante.
    Então vc tambem presta vestibular esse ano? Nham ;D Eu tambem, mas não tenho a menor chance (eu acho), afinal nem cursinho tô fazendo e acho que nem vou fazer.
    A questão do cabelo liso e logngo meu namorado tambem prefere assim aff, acho que todos ne.. mas voce tem razão, dá muito trabalho.
    Bom, vou procurar no dicionario essa palavra estranha!
    Beijocas

  6. Gostei da constatação dos fatos… Teve situação que parece que vi acontecer. Mas essa do seu professor de geografia, héin? Eu ficaria muito p da vida, isso se não respondesse a altura com o meu jeito “grosso” de ser. hihihi
    Bjitos!

  7. OASOAOSAOSOAOSAOSOASOAOSOAOSAOSOAOSAOSOA morry .-.
    -Que o seu professor de geografia percebeu que você emagreceu e cortou o cabelo. Adicione isso ao comentário: “Até que você está ficando melhorzinha!”. Nossa, me senti muito melhor depois dessa.
    O meu professor me chama de perdidinha e quando eu digo que não ele diz “quem é louco não admite que é louco”
    OPS VOCÊ É LOUCA !!!
    beijo te amo professor :$
    amei :*

  8. Por que toda classe tem que ter um menino imbecil? Na minha tem e eu vivo falando pra minha amiga “por que ele não se mata?”… infelizmente ele nunca se mata.
    Caraca, seu professor de geografia é cruel! hauhauahuahuahau Mas, talvez ele que não soube se expressar bem xD
    Adoro seus posts, sempre me fazem rir :’D
    Beijos :*

  9. Se você descobrir como calar a boca do menino chato da sala, fucaria extermamente grata se me contasse, tenho um caso igualzinho na faculdade que me tira do sério e ataca a agastrite! O.O E como você dise, perguntar pra sua amaiga a causa daquele olha-pra-mim todod, não adianta!
    Namorados começam a ter grande influência em como a gente se arruma… e dá bem mais trabalho!
    Beijão

  10. esses aprendizados são infinitamente mais legais do que função polinomial do primeiro grau!

    só para comentar, eu, para ficar bem de verdade preciso tomar 3 comprimidos de buscopan. outro dia, só tinha um, e eu pensei, ah, vou pensar que estou tomando três e daí funciona! daí, além de não funcionar, quando eu tomo três não funciona mais também 😛
    realmente efeito placebo só funciona quando você nunca parou pra pensar na possibilidade dele ser, haha

  11. Olá Mandy, adorei o que você escreve e como escreve. A forma com que descreve as situações cotidianas é deliciosamente hilária.
    Pronto, virei seu fã. Vou vir sempre te visitar. É bom pro cérebro, pois nutre ele de inteligência sadia; é bom pro fígado, pois o desopila, e é bom pro tédio, pois faz o tempo passar sem ser “notado”.
    bjs.
    Felicidade.Saúde.Paz

  12. Adorei a visita!!! Deliciosa surpresa!
    Gostei do seu comentário, principalmente esse trecho:

    “a noite nos põe à prova. Nos deixa a sós conosco mesmos, com o máximo de nós.
    E eu gosto. Eu gosto de estar exposta ao perigo de ser mais eu mesma do que normalmente sou.”

    Demonstra a coragem que cito no post, e eu admiro pessoas que têm esse tipo de coragem e surfam nessas ondas gigantescas dos pensamentos e sentimentos. Sem comiseração de si mesma ou de sua própria solidão. E com senso de humor!!! D+++++

    Que bom saber que vc desopila o fígado sempre, faz bem prá saúde – à própria e à pública…

    bjs 😎

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s