Black or White?

Ou como aqueles anjinhos e diabinhos dos desenhos animados realmente existem.

Se há uma coisa da qual tenho muito medo é de admitir o que estou prestes a admitir. Acho que admitir isso é como implorar para que vocês não percam mais seu precioso tempo lendo isso aqui que, convenhamos, não adiciona absolutamente nada de decente na vida de vocês. Mas como eu já fiz isso (implorar para que vocês não percam mais seu precioso tempo lendo isso aqui) e vocês não me deixaram ainda, acho que uma revelaçãozinha a mais não vai matar ninguém. Além do quê estou ouvindo Paramore, e nunca faço coisas muito lógicas quando ouço Paramore. É meio que um exorcismo. Do bons espíritos. Não tentem entender.

Mas enfim, quem não tem um lado mau e um lado bom dentro de si? Ah, Amanda, nem vem. Isso eu não tenho não!, você pode dizer. Não tenho esquizofrenia!! Ok, sem querer colocar a minha mão no fogo sobre o fato de você ter ou não esquizofrenia – só para registrar: não acho que ninguém que leia meus posts tenha tico e teco funcionando normalmente – afinal, isso quem sabe é seu terapeuta. Ou sua melhor amiga, se você for pobre. E se você tiver uma. Mas esse não é o caso. A questão é que não é realmente necessário ser louco para ter dois lados. Uma Ruth e uma Raquel. Uma Britney Spears e Uma Hillary Duff. Um Real e Um Dólar. Todos nós temos esses dois lados, independentemente de raça, cor, religião ou da preferência por Coca ou Pepsi (eca!).

Claro que há dois tipos de pessoas quanto a isso. Não que eu goste de separar as pessoas em tipos, mas nesse caso é imprenscindível. Há, é claro, as pessoas que demonstram ser 100% alguma coisa. Totalmente boazinhas, totalmente quengas, totalmente insensíveis, totalmente Madres-Teresas-de-Calcutá. Enfim. E há, claro, o grupo das pessoas que surpreendem. Que tomam decisões inusitadas e que a cada dia acordam de um jeito diferente e que são simplesmente difíceis de se conviver, se você precisa de pessoas estáveis emocionalmente. Por que as pessoas que tem dois lados mais visíveis comumente discutem consigo mesma, ensaiam no espelho, são inseguras e indecisas. Na pior das hipóteses, vão ser esquizofrênicas. Mas esse não é caso de ninguém (?) aqui não é mesmo?

Garota (oi!) passando na frente de uma livraria no shopping:
Lado bom da garota: Ah, se eu tivesse dinheiro, compraria tudo o que eu pudesse daí.
Lado ruim: Que nada. Se você tivesse dinheiro, já teria gastado tudo em roupas, maquiagem e sapatos. Que seria o mais decente a fazer, se quer saber minha opinião.
Lado bom: Não quero saber, obrigada.

Garota (oi!) na fila para carregar o Passe Fácil:
Lado ruim: Se essa mulher esfregar esses peitos caídos dela em mim de novo, vou mandar essa vaca esfregar as tetas dela não-queira-nem-saber-aonde.
Lado bom: MEU DEUS! Você vai nos fazer ir pro inferno desse jeito. Tome jeito de gente! Não está vendo que aqui está apertado? Ela não tem culpa. Além do quê, sobre os peitos caídos, você deveria ficar calada. Tendo os peitos do tamanho que você tem, era de se esperar que ficasse, pois quando chegar à idade dela vai ter muita sorte se não estiver assim.
Lado ruim: Quer parar de ser imbecil. Meus seios são lindos e vão continuar assim, obrigada. Além do quê tá na cara que essa mulher é uma ensaboeira que fica se aproveitando de filas para esfregar essas porras caídas nas costas alheias. Deixa ela esfregar essa merda em mim de novo pra você ver.

Garota (oi!) esperando o namorado ligar:
Lado bom: Poxa, que demora para ele ligar. O que será que está acontecendo? Já liguei pra ele duas vezes e ele não atende!
Lado ruim: Por quê é que você pergunta? Você detesta quando respondo.
Lado bom: Isso por que você é muito negativa a respeito de tudo.
Lado ruim: Realista. Essa é a palavra. A verdade é que ele está, nesse exato momento muito ocupado, fazendo um coisa muito boa, com alguém mais gostosa que você e nem está escutando o celular tocar. A propósito, o que você está fazendo aqui esperando ele ligar quando você deveria estar fazendo o mesmo, da mesma forma?
Lado bom: CALA A BOCAAA!

É claro que, apesar de toda a instabilidade e do quebra-quebra que seus lados podem causar de vez em quando, deve ser extrememente sem-graça não ter duas vozes interiores com as quais dialogar, de vez em quando. Na verdade, acho tudo que não tenha nem um pouco de emoção um saco. Definitivamente, ser normal não é pra mim.

OBS: É, o meu lado mau predomina.

Anúncios

13 thoughts on “Black or White?

  1. Vou comprovar como também tenho esses 2 seres dentro de mim:
    Lado Ruim: Para quê gastares o teu latim, a comentares um blog como tantos os outros…
    Lado Bom: Mas a genialidade deste texto cativou-me, e acho que a dona dele merece o meu comentário.
    Lado Ruim: Portuga com a mania que escreve bem
    Lado Bom: Vai se f*******

    E pronto vivemos felizes com estes 2 lados, pois ambos têm os seus prós e contras 🙂
    Bjs
    Ny

  2. Eu não sou “classificável”. Eu não sou “fixa”, não sou fofa sempre, linda sempre, louca sempre. Eu dou “mudável” x) Acho que faço parte do tipo que sempre surpreende, dependendo da situação 😛
    Essas duas vozes perturbam sempre, falando o que é certo ou não, ou – quanto ao caso do namorado – se ele liga ou não (não é meu caso :P).
    Enfim, temos que viver com elas, né? 😛
    Beijos

  3. É como no filme Harry Potter e a Ordem da Fênix, todos nós temos luz e trevas dentro da gente, porém o que realmente importa é o qual a gente deixa se sobressair. Por isso existem pessoas com pensamentos mais negativos que outras, com mais egoísmo que outras, e assim por diante.. No meu caso sempre acontece do ‘lado mal’ querer falar, mas sempre vem o ‘lado bem’ e me faz repensar no assunto. Mas num vou negar que às vezes o lado bem ta de preguiça e não aparece ahsduahsuda 😉 Beeijo ;*

  4. Isso é nervosismo pré vestibular?
    Amiga voce precisa ler uns romances, tipo Shakespeare. Gossip Girl esta te fazendo falar igual a Blair, juro!

    Os nossos lados devem expandir no momento certo, devemos ‘saber’ quando nos deixar levar por eles.
    Mas isso é tão dificil que ignoremos.

    Beijo!

  5. Meu lado predominante é o bonzinho, já fui má, escrota e sadica.
    Porém, o trabalho me fez ficar boazinha, senão eu rodo, ai já viu.
    Mas todo mundo é assim, eu mesma sou assim =)
    beijos querida!

  6. Eu acho que se não tivesse seus posts pra me divertir.. tsc tsc. Eu não ia ficar legal. Todo mundo tem seu lado bom e mau, eu acho. Adorei essa comparação que você fez entre o real e dólar/coca e pepsi. haushuhsahasuhas
    Beeeijos

  7. Aha, me diverti com seus lados! e menina, eu tenho muuuuuuito disso. Que eu me identifico com seus posts e com o que vc pensa vc já sabe há muito tempo, né? Pois é. Mas acho que ter esses dois lados faz parte da vida, pra balancear um pouco as coisas. Porque ser só boazinha ou má é muito chato!
    Beijos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s