Oito ou Oitocentos?

Ou o quanto as pessoas são REALMENTE difíceis de entender.

I

Chego de manhã cedo. As meninas já estão lá, impecavelmente sentadas num dos bancos coloridos.
– BOOOOM DIIIA! – digo eu, no máximo da animação que alguém pode ter às 06:15 da matina.
– Pra quem? – interroga minha amiga Carol, cujas olheiras pareciam ter vida própria naquela manhã.
– Bem, pra você aparentemente é que não é! HAHAHAHAHA! – rio.
– Pára de rir assim! – repreende Carol – Você me assusta!

Entramos na sala. Eu sento e começo a tagarelar com alguém sobre vestibular, que é o único assunto que parece existir na minha vida. Isso e Weslley. Devo ser extremamente chata. Carol, que havia saído para ir ao banheiro, volta já debochando de mim. O que é possivelmente, devo dizer, uma das coisas que ela mais gosta de fazer na vida. Depois de aporrinhar o juízo de Jéssica, acho.
– Quer parar de gritar? – pergunta ela, retoricamente – Dá para ouvir sua voz de lá do banheiro.
-Ah, vai te lascar! – digo eu, apenas por dizer.

Meio da aula de Química. Eu realmente acho que aquele professor tem problemas. Ele conta as piadas SUPER SEM GRAÇA e ele mesmo ri! Digo SUPER SEM GRAÇA por que se eu não rio, é por que não tem nem mesmo um pingo de graça, visto que rio por qualquer merda. Falo isso para Carol. Ela diz que tem pena dele e que eu era muito má. Ah tá.
Última aula do dia: Biologia. Meu professor é tão escrachado que me dá medo até de olhar para ele. Entendam, desse povo abusador quero distância. Vai que ele se dá conta da minha existência? Me lasco! Ele fala algo engraçado e eu me mato de rir.
– P á r a com essa sua risada – cochicha Carol, aparentemente mortificada.

II

Entro na sala. Sento na cadeira. Viro para minhas amigas e desejo bom dia calmamente. Carol, o ser mais insistentemente sincero que eu já tive a infelicidade de conhecer, olha para mim com cara de interrogação. Ignoro-a e viro para frente, já puxando minha agenda da bolsa, a fim de preencher algumas lacunas causadas pela falta de tempo/vontade/coisas para escrever.
Abro a agenda, pego minha caneta azul que escreve mais escuro (A minha predileta. Não sei porque, detesto caneta que escreve claro. Parece que está falhando!) e começo a me concentrar. Já estou prestes a escrever a primeira palavra quando sinto alguém praticamente debruçado sobre mim. Carol, é claro.
– Algum problema? – pergunto, calmamente.
– Você está bem? – pergunta Carol, com ar de choque.
– Sim, estou perfeitamente bem – digo eu, franzindo as sobrancelhas.
– Tem certeza? – insiste ela, para meu começo de irritação.
– Tenho! Por quê? – questiono, me olhando e procurando algo de errado.
– Nada não! – diz ela, virando-se pro outro lado.

Ai, saco. Abaixo a cabeça para a minha agenda de novo, mas o professor entra na sala. Guardo a agenda e o primeiro tempo se passa sem problemas. A não ser por uma Carol, cada vez mais irritante, olhando pro meu lado constantemente. Chega o intervalo. Saio e sento com as meninas num dos bancos coloridos do cursinho onde estudo. As meninas matraqueiam, mas por uma vez fico apenas a escutar, perdida nos meus próprios pensamentos.

– Amanda, você tem CERTEZA que está bem? – pergunta NOVAMENTE Carol.
– Mas, afinal, o que é que você acha que eu tenho de demais hoje?! – interrogo, perdendo finalmente minha paciência.
– Você está calada demais! Fala alguma coisa. Xinga a gente. Qualquer coisa. – diz ela, praticamente em desespero – Mas fala. Você calada me dá medo.

Eu admito! Colei chiclete na mesa da Santa Ceia. Eu mereço.

Recebi da Deby [minha conterrânea, sim sinhô!] a indicação de dois selinhos [x e y]! Não vou indicar mais ninguém, por que já recebi esses antes. Mas MUUUUUITO obrigada por me indicar, fofa!

Anúncios

17 thoughts on “Oito ou Oitocentos?

  1. quando eu ficava mais calma na aula de música o prof deduzia q eu estava com crises.
    xD E olha q antes ele falava para eu ter mais calma na hora de tocar etc e tals.
    Mas eu acho que no fundo é carinho ,quero dizer ,pelo menos alguém percebe a sua presença.hehehee (:

    abraços (:

  2. Ahh…que coisa complicadinha hein xDD?
    Talvez ela goste das coisas que você faz sabia? reclama só pra necher o saco mesmo…digo isso pke conheço pessoas +/- assim xD!Bom…nem tãão assim, maas…;P

    Beijoos ;**

  3. Carol é a gentileza personificada! Hueahuaihouiaehiua. No fundo, vocês são todas almas sebosas mas se amam.

    P.s.: [com relação ao teu comment no meu blog] Sugiro que tu escute essa música! Ela é bonita e diferente. E a melodia realmente acompanha a letra, expressando na forma de sons os sentimentos que a letra expressa em forma de palavras.
    Valeeeus! Visse aquele blog de que te falei? 🙂

  4. Você é parecida comigo, sério! Na verdade, eu sou mais como na parte II, mais quietona no meu canto. E na parte I sou eu quando tomo café demais! Só que tipos, é cada mudança louca de uma hora pra outra que o povo não acompanha! Então ficam dizendo que eu não posso ser bipolar, que eu sou tripolar ou quadripolar… Ahhhh, eu acho mó legal mudar de humor assim! Já pensou? Cada dia com a gente é uma surpresa! E ninguém sabe o que esperar da gente! \o/

  5. Bom. Meu nome é CAROL e EU sou essa amiga de Amanda aí. Quem não conhece até acredita, neh? Amanda na verdade é QUASE isso q ela falou aí. Ela é uma garota muito agitada, fala demais, ri por coisas fúteis, um caso sério. Entretando, às vezes ela chega no cursinho parecendo q tah possuída. Ela chega e mal fala. É tão angustiante que eu me aproveito para perturbar o juízo dela e também para tentar fazÊ-la voltar ao seu estado normal. Mas aí, quando eu pergunto o q ela tem, ela já lança aquele olhar malígno. Parece que vai morder. Mas eu não sou esse ser insuportável e irritante que Mandy escreveu. E nem ela é esse ser puro, ingênuo e doce que ela disse que era.

  6. Por incrivel que pareça também tem uma dessas (ou duas?! O.o) lá na sala, nem sei como eu consigo ser amigas delas, haja paciência! Às vezes eu me estresso e falo cada merda.. –‘
    ‘Eu admito! Colei chiclete na mesa da Santa Ceia. Eu mereço.’ hahahahaha, adorei isso.. to morrendo de rir até agora (sou igual a vc rio por qualquer merda, mais um motivo de piada na turma –‘)
    Vou pro PE festival e me divertir por mim e vc ok?! 😛
    Espero que passe no vestibular, beijão ;*

  7. isso vive acontecendo comigo.
    Eu já não sou uma pessoa animada, mas se eu to um pouquinho mais calada do que o normal já tem alguem me perguntando o que está errado ¬¬’

    “…pessoas são REALMENTE difíceis de entender.”³²³²³²

  8. ahhh mas as minhas amigas são assim também, eu chego brincando, falando, rindo e elas mandam eu maneirar, quando estou absorta nos meus pensamentos, elas ficam preocupadas, dizendo que eu estou doente e etc heuheueh exatamente a mesma coisa…
    Poderia inclsuive dizer que esse post sou eu heheh só que na faculdade =)))
    Um beijo!

  9. Aaaaah, eu sou uma pessoa absolutamente feliz, alegre, sorridente, saltitante. Então situações assim vi-vem acontecendo: quando chego tentando ver o lado positivo as pessoas ficam com raiva, quando tô mais quietinha acham que tô morrendo…
    Dê um chocolate pra Carol, tadinha, ela precisa adoçar as coisas!!

  10. Não é só o nome que temos em comum então. xD
    Isso é realmente irritante. As pessoas vivem repreendendo umas as outras pelo seu jeito de ser e nunca (eu disse NUNCA) estão satisfeitas. ¬¬’

  11. Sinceramente, eu também não entendo Carol.
    Coisas desse tipo é melhor até ignorar. (Y)
    Faz o que você bem entender, nem tem obrigação de agradar ela.
    Quando quiser rir, ria. Quando quiser calar, cale.

    Bjs :*

  12. Hahahah..”num guento”..tenho amigas assim tb…e elas pregam veementemente que eu tenho transtorno bipolar…estão certas de que é isso ou transtorno de dupla personalidade..ahahah
    Morri de rir aqui!
    Voltei com o blog mandiiê! Passa lá. Beijinhos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s