Retrospectiva livresca

Então né, gente? Anna me chamou para falar, nesse meme legal, dos livros que li em 2010. Fiquei meio com medo de fazer, por que sou memória fraca, será que lembraria de tudo o que eu li? Além do quê tem o fato – vergonhoso – de que nem li tanto assim em 2010. Thanks God tem o Skoob, que me ajudou bastante na listagem do que eu li e vou comentar abaixo!

Os livros que li em 2010

  • Menina de Vinte – Sophie Kinsela
  • Victoria and The Rogue – Meg Cabot
  • A Princesa Leal – Philippa Gregory
  • It Girl – Garota de Sorte – Cecily Von Ziegezar
  • Gossip Girl – Tinha que ser você – Cecily Von Ziegezar
  • Gossip Girl – O Início – Cecily Von Ziegezar
  • Orgulho e Preconceito – Jane Austen
  • O Morro dos Ventos Uivantes – Emily Brontë
  • Os Diários de Carrie – Candace Bushnell
  • Literatura em Quadrinhos no Brasil – Moacy Cirne, Álvaro de Moya, Otacílio Assunção Barros, Naumim Aizen
  • Mais um drinque – Kate Christensen
  • A Faca Sutil – Philip Pullman
  • A Luneta Âmbar – Philip Pullman
  • O Doce Veneno do Escorpião – Bruna Surfistinha
  • O Milagre – Nicholas Sparks
  • Caso Escola Base – Alex Ribeiro
  • Admirável Mundo Novo – Aldous Huxley
  • Através do Espelho – Jostein Gaarder
  • A Via Crucis do Corpo – Clarice Lispector
  • 1984 – George Orwell
  • Criança 44 – Tom Rob Smith
  • A Menina que Roubava Livros – Markus Zusak
  • O Menino do Pijama Listrado – John Boyne
  • Desculpa se te chamo de Amor –  Federico Moccia

O casal literário mais fofo

Sem dúvida, Elizabeth Bennet e Mr. Darcy, de Orgulho e Preconceito. Para quem nunca leu Jane Austen e não lê por que tem medo que seja uma chatice, só digo: SE JOGA! Jane Austen é a Meg Cabot dos clássicos, fatão. Elizabeth Bennet é a inteligente-e-engraçada-mas-não-tão-bonita-nem-rica típica e Mr. Darcy aquele cara chato e um pouco grosseiro, meio ermitão e ricaço, que invariavelmente nos faz apaixonar por ele desde o começo do livro, justamente por ele demonstrar ser um monstrinho, quando na verdade é um unicórnio fofinho. Ao maior estilo “A Bela e A Fera”. Orgulho e Preconceito é leitura obrigatória, sério.  E Elizabeth Bennet e Mr. Darcy são simplesmente o meu casal predileto ever – até o presente momento, pelo menos. ❤

Virei a noite lendo

Vou te contar que faz MUITO tempo que não viro a noite lendo. Sério. Por que se eu empolgar no livro, eu termino não dormindo e EU TENHO QUE TRABALHAR NO OUTRO DIA NÉ? Mas os que chegaram mais perto disso foi “Os Diários de Carrie”, uma fofura dourada que arrematei por R$25 na Estante Virtual. E, claro, A Luneta Âmbar, da série Fronteiras do Universo, que é uma das melhores séries que eu já li – ficando atrás apenas de Harry Potter, acho.

Soco no estômago

Não entendi bem o que a categoria “Soco No Estômago”. Se for tipo um livro que me fez mal, realmente, não houve nenhum. Talvez, forçando um pouco a barra, O Morro dos Ventos Uivantes. Por que, apesar de ser sobre uma história de amor, tem muita tristeza envolvida sabe? E eu morria de pena do Heathcliff. 😦

Aquele em que chorei de soluçar

Gente, foram tantos! Ok, nem tantos. A menina que roubava livros, ÓBVIO, tinha que estar na listas dos que me fizeram chorar. A Luneta Âmbar também me transformou numa cachoeira humana, principalmente no final realmente NÃO ESPERADO dele. Só de lembrar, já me dá vontade de chorar de novo. Através do Espelho também é um livro fofinho e que, obviamente, me fez chorar. É a história de uma menina doente que recebe a visita de um anjo – já disse tudo né?

A maior decepção do ano

Desculpa se te chamo de amor, fatão.

O mais chato

Sincerely? Desculpa se te chamo de amor foi a leitura MAIS DIFÍCIL de todo o ano. Passei mais de 4 MESES tentando terminar a leitura desse livro! 4 MESES! Olha, gente, eu tenho sido lerda pra ler MAS TUDO TEM LIMITE né? A forma de escrever do autor não me conquistou. Ele é meio abstrato e, olha, acho o seguinte: se você não quer descrever cenas de sexos no seu livro, NÃO AS COLOQUE NO SEU LIVRO. Agora ficar com enrolações do gênero “Cabelos, Pernas, Lábios, Suor” e outras poetices que não cabem na prosa é imperdoável. A história até é legalzinha, sabe? Mas a forma de escrevê-la pfff.

Quase morri de rir

Claro que Kinsella tinha que ser responsável por essas minhas risadas, né? Menina de Vinte, que terminei de ler dia 01/01/2011 – mas resolvi colocar nessa lista, por que né? Terminei dia 01, pô! – foi responsável por muitos dos olhares de lado que recebi na rua e até na minha própria casa, por estar sorrindo sozinha. O livro é repleto de situações engraçadas e a própria protagonista, Lara, é um poço de desastres e mal-entendidos. Isso sem nem envolver a tia-avó-fantasma dela, a Sadie. Ou seja né? 😀

Aventura, fantasia, ou infanto-juvenil

Que bom que tem um lugarzinho aqui para eu falar de It Girl, minha série predileta da Cecily Von Ziegezar. Eu sei que todo mundo conhece Gossip Girl, mas It Girl, na minha humilde opinião, dá de 10 em Gossip Girl. Na verdade eu tenho uma queda por história passadas em internatos. E também tem o agravante desses livros em especial terem Jenny, minha personagem predileta no GG Livro – como protagonista. A história é empolgante e tem aqueles mau-caratismos básicos no meio que deixam tudo mais apimentado!

Bate-bola de personagens

Personagem masculino apaixonante: Mr. Darcy, claro!
Personagem feminina admirável: Que difícil! Mas vou ficar com Elizabeth Bennet, que é um ícone. 🙂
Personagem mais chato: Tinsley, de It Girl. Pense numa gata mau-caráter, chata e invejosa. Ali só nascendo de novo.
Personagem mais perturbador: Heathcliff, d’O Morro dos Ventos Uivantes
Personagem que mais me identifiquei: Estou em dúvida entre Jenny e Lara. Me identifiquei com ambas.

O melhor livro que li em 2010

Gente, foi A Luneta Âmbar. É maravilhoso, toda a série é maravilhosa! Impossível explicar por que eu gosto tanto dele mas, enfim, se você gosta de ficção, LEIA!

Indicados:

Carolda, Deyse, Cami, Nina e Malipi.

Anúncios

8 thoughts on “Retrospectiva livresca

  1. Amanda, sua LINDA! Esse foi o meme mais legal que já me indicaram, sabia? Tanto que acho que foi o único que respondi, hahaha. Normalmente não tenho saco pra essas coisas, mas esse simplesmente foi fantástico de fazer. Obrigada mesmo!
    E eu tenho mais que concordar com você sobre o Moccia… A decepção que eu tive com o livro dele é uma coisa que não dá pra descrever, simplesmente. Não recomendo jamais.

    Beijos!

  2. Eii, que legal que respondeu esse meme! Adorei a ideia da Tary de criá-lo, hahaha. E você foi a senguda cuja maior decepção foi desculpa se te chamo de amor.. Tô até perdendo a vontade de ler, hahaha.
    E Elizabeth e Darcy são realmente incríveis!!
    Beijos Amanda!

  3. Amanda, adorei que você respondeu meu meme? Que bom que a Anna te indicou! Tô me sentindo agora! Vou tomar gosto por essa história de criar essas coisinhas! É bom porque a gente interage, né? Enfim, amei a lista. Você disse TUDO sobre Desculpa se te chamo de amor. Cara, o autor simplesmente faz o carinha pensar nos pais enquanto está despindo a menina! Quem pensa nos pais nessa hora!!!! Pelamor! E a tentativa dele de poetizar é mesmo muito frustada, passo longe de uma releitura MESMO. Beijo!!!

  4. Amandoca querida, adorei suas respostas. Nem preciso comentar de Orgulho e Preconceito, um dos meus livros favoritos de todo o universo, Mr. Darcy, o personagem literário pelo qual eu sou mais apaixonada, Lizzie Bennet, aquela linda, que eu tanto amo e me identifico, impossível amor maior por um romance ❤ Fico muito feliz que você gosta muito dele também!
    haha
    beijo

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s