Medo Bobo – que bate de vez em quando.

Eu tenho medo, sabe. Medo. Sentimento idiota esse. Li um blog agora e simplesmente meu coração virou uma coisinha pequenininha que esmagou a si próprio, com vontade de desaparecer e não ter que ler palavras tão doloridas. O texto falava sobre a dor de perder. Alguém. Alguém como você, sabe. Quer dizer, CERTAMENTE não era como você. Por que né? Você é você. Você é tão indescritivelmente perfeito que falta espaço e até paciência para descrever. Não, não estou dizendo que você não tem defeitos. Você se atrasa, demora a perdoar e é meio ranzinza de vez em quando. Você tira sarro das minhas unhas multicoloridas e da minha nova cor de cabelo que, apesar de ser COMPLETAMENTE diferente da anterior, você teima em dizer que é igual a antiga. Pois é. Você tem esses defeitos, sim. Por que eu namoro um ser humano, que nem eu. Você sabe o que quero dizer, não é? Você é perfeito pra mim. TÃO perfeito. Você encaixa tão bem comigo. O nosso abraço parece o encontro de duas peças perdidas de um quebra-cabeça zonado pelo destino. Tão certo que ninguém consegue entender COMO isso não aconteceu antes. Engraçado, né? Viver tão próximo e, ao mesmo tempo, sem nem notar de verdade um ao outro.

Mas não importa. Eu tenho você agora. Você é meu. Meu. Uso o maldito pronome possessivo sem nenhum medo de ser (in)feliz. Por que é. Você é a minha metade da laranja, o chinelo velho dos meus pés cansados, a tampa da minha panela, o camarão da minha empada e, por fim, a banana da minha vitamina. Dá pra entender que, sem você, nada disso seria possível né? Eu não consigo imaginar como seria a minha vida sem você. Na verdade, acho que se eu tentar, talvez eu consiga. Mas é algo no qual eu sequer quero pensar. Por que que mundo seria esse, no qual eu não teria você? O que eu seria, sem você? Eu não morderia seu lábio, com vontade de arrancá-lo e levá-lo pra mim? Na verdade, com vontade de levar você todo pra mim e não deixar ninguém chegar perto. Sou ciumenta. É meu, tô dizendo. Não venham com essa balela de possessividade e blá-blá-blá por que, você sabe como é né? É meu sim. É o amor da minha vida e ele toma tanto de mim sem nem pedir que é JUSTO que ele seja meu também.

Eu sou esse ser cheio de defeitos, meu amor. Eu sou preguiçosa, comilona e gasto demais. Eu falo pelos cotovelos e me lambuzo enquanto como. Eu passo as marchas do carro com força demais, não é? Mas olha, amor, estamos trabalhando nisso. Juro. Não que você tenha reclamado de nada disso – ok, você reclamou d’eu ser gastadeira e da forma como eu passo as marchas do carro -, mas eu estou trabalhando nisso. Por que você me faz tão bem. E, às vezes, eu só queria ser perfeita. Perfeita mesmo. O tanto quanto você é pra mim.

Eu sei que você também me vê desse jeito que eu te vejo. Eu sei que você me ama. Eu sinto no tom da sua voz, nos seus tuites inesperados no meio da noite, na forma como você me abraça, me apertando junto a ti, como se quisesse me fixar ali. Eu sei, por que eu faço o mesmo. Faço. Eu te aperto tão forte que, algum dia, minhas unhas farão marcas nas suas costas. Já fazem tarde, por que pelo tamanho da saudade já eram para suas costas estarem bem mais machucadas, não é? Mas eu jamais te machucaria. Nunca, se eu puder evitar. Você é o amor da minha vida. O único. Desculpa, não acredito nisso de mais de um amor no meu caso. Não consigo acreditar nisso, uma vez que te encontrei. O amor verdadeiro, pra mim, só aparece uma vez na vida. E você é o meu.

Nunca quero sentir a dor que li naquele texto, amor. Nunca. Eu sei, medo bobo sem nenhuma lógica. Hoje mesmo te vi. Eu estava arrumada e você disse que eu estava bonita. Eu sorri e disse que era pra você. E aí cê riu e disse para eu não te enrolar, por que sabia que eu tinha me arrumado para ir trabalhar. Claro que te beijei e disse que eu tinha me esforçado mais por que sabia que você ia me ver. E você disse, rindo, que ia fingir que acreditava, mas eu sei que você sabe que é verdade. Principalmente pelo jeito que a gente se beijou depois.

Sim, medo bobo sem nenhuma lógica. Será que ele te assola também, de vez em quando? Acho que tudo que é bonito a gente tem medo que tirem de nós, não é? Eu acho. Não é um medo que bate sempre, mas ele bate, quando eu sei de algum namoro que terminou. Fico triste pelo casal e com medo. Mesmo sabendo que a nossa história é diferente, por que cada casal é um  casal. E, modéstia bem à parte, nós somos tão lindos juntos. Eu encaixo tão perfeitamente bem embaixo das suas axilas. Isso é importante, não é? Eu acho. Nós andamos abraçados com uma facilidade linda.

Eu te amo, amor. Todo esse texto imbecil para dizer algo que tem apenas três palavras. Eu te amo. Eu te amo. Eu te amo. Eu vou te amar pra sempre. Eu sempre serei sua e nunca, nunca, nunca conseguirei ser de qualquer outra pessoa. Eu estou marcada, bem aqui dentro do peito. Sua. Saiba disso.

Foi só pra ficar claro. Te amo. Mesmo.

Anúncios

11 thoughts on “Medo Bobo – que bate de vez em quando.

  1. Aii meu Deus Amanda, essas suas declarações pra Weslley são a coisa mais linda do mundo! Amo ler e fico sonhando com o dia em que vou poder dizer tudo isso pra alguém. Você e Weslley parecem um conto de fadas, e têm muita sorte de terem encontrado um ao outro. Só de ler seus textos e ver suas fotos com ele já dá pra saber que sim, vocês foram feitos um para o outro! E não esqueça de me convidar para o casamento, hahaha.
    Beijos, agora to indo ler o que te deixou tão sismada!

  2. chorei, viu?
    muito lindo seu texto!
    acho que todas nós temos esse medo de vez em quando… eu tô numa fase assim, já que meu Gatinho tá em Brasília estudando! não me acostumei a estar longe… é difícil não vê-lo todo fim de semana!! esperar feriados grandes para ele poder vir… coração muito, muito, muito apertado!
    e aí vem o medo junto… de perder, de ele se apaixonar por mais alguém. dói muito, piora a saudade, eu fico triste.
    mas basta ele dizer que me ama, ele me ligar e ouvir a voz dele, para eu saber que está tudo bem e que sou uma idiota por ter pensado que ele iria se afastar de mim! (mas uma idiota extremamente feliz!)
    beijo!

  3. Oh, meu senhor! Eu chorei. De verdade…

    Mandy, isso é lindo demais! Eu, uma pessoa totalmente desacreditada, por assim dizer… Fiquei bestificada! Juro!

    Eu ia te enviar um email hoje. Pensei várias vezes. Mas parei na metade do caminho porque já lhe atormentei tanto… Mas amiga, eu fico feliz de ver algo tão bonito. Eu sempre achei lindo teu amor e de Wesley. Mas hoje, hoje eu fiquei apoplética!

    Concordo com Ana, eu leio e fico pensando se um dia vou poder falar isso pra alguém…

    Isso é lindo!!!!!

    Um beijo.

  4. Também chorei, inevitável. Muito, muito, muito lindo! “O nosso abraço parece o encontro de duas peças perdidas de um quebra-cabeça zonado pelo destino.” Só Deus sabe o quanto eu tenho uma necessidade de sentir algum sentimento parecido com esse que você sente por ele. Não me lembro de ter me apaixonado por alguém da mesma forma que você se apaixonou por ele, ninguém foi realmente bom o suficiente. Mas, acho que todo mundo tem sua outra metade mesmo, né? A minha deve estar por aí, eu só preciso ter o mesmo olho atento que você teve, e não deixar ela passar despercebida…

    Lindo o amor de vocês! De verdade. E parabéns por conseguir expressá-lo de maneira tão bela e intensa.

    Beijos!

  5. Aii, o amor é lindo!! Sejam felizes, é só o que desejo, casem e tenham lindos filhinhos. Só pelo que leio aqui, vejo como a história de vcs é linda e merece um final muito feliz! 🙂
    Eu não sei se saberei amar assim um dia novamente, justamente pela desilusão do fim de uma história que – hoje eu sei – tinha que terminar mesmo. Mas deixou marcas. E eu tenho medo de me envolver desde então.
    Ei, eu não recebi teu pedido pra add no msn, adicionasse qual e-mail?
    Beijo, boa sexta-feira e bom fim-de-semana. 😀

  6. Não tem como não se apaixonar pelas suas palavras de amor pra Weslley ❤ Já pensou dele escrever uma declaração daquelas aqui, no Maçãs Verdes, pra todo mundo ver? Seria mais do que fantástico, um completando o outro até nas palavras! S2

    É tão bom amar e ser amado! Posso te entender completamente!

    Um beijo, Mandy! Lindíssimo, o seu post! :*

  7. Eu poderia passar a vida procurando palavras para descrever o quanto sou feliz por ter você ao meu lado. Mas esperto que sou, aproveito a vida que tenho, ao seu lado e dedico-a para você, Ou melhor, a nós, pois quando falo de você, também estou falando de mim. Pois você é o pedaço que me completa, você é o adjetivo que dá qualidade ao substantivo que é a minha vida.
    Amor, Essas poucas palavras são simplesmente para dizer que você é sim perfeita para mim, não só porque você rir das minhas piadas sem graça e atura meus momentos de lerdeza, mas sim porque a sua presença é confortante e ao seu lado eu me sinto seguro e mais confiante e quero sentir isso por muito tempo, até pq o nosso contrato é até 2530, então temos muito o que fazer até lá 😉

    P.S.: Usei a analogia do adjetivo e substantivo pelo fato de que a maioria dos seus leitores são da área de humanas, pois acho que se dissesse que você é a trilha zero gravada na M.B.R do meu HD não iria ficar muito claro para alguns 🙂

    Te amo, minha vida…! ❤

  8. Amandoca, até eu enho medo de você perder o Wesley um dia porque, veja bem, vocês são um dos meus exemplos de amores-perfeitos. Sérião. Vocês e o namoro de uma outra amiga minha, tava falando pra ela esses dias que esse tipo de casal é que faz com que a gente, pobres mortais à procura da tampa da panela, acredite que um dia ele vai chegar 🙂
    beijo

  9. Oi Amanda, não a conheço, porém seguindo uma amiga minha, acabei vendo seu blog lá… Nossa, que texto lindo e rico de sentimentos, sei que são verdadeiros e reais, nos dias de hoje é raro encontrar casais que expressam tamanho amor, e ser assim reciprocidade.
    Então, tenho certeza que irei encontrar o meu amor, a tampa da minha panela, a metade de minha laranja, o chinelo pros meus pés cansados, enfim, eu sei que está perto, portanto, eu o aguardo!
    Parabéns pelo texto!
    Beijão
    Polly

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s