Só pra vocês saberem o que tem rolado

Mesmo que eu quisesse, eu não conseguiria fazer um post sobre tudo o que está acontecendo atualmente na minha vida – ou sobre tudo o que tem passado na minha cabecinha ultimamente. It’s just too much. Tenho estado mais atolada em trabalho do que já estive em toda a minha vida e, apesar disso ser estressante e um pouco frustrante algumas vezes – especialmente quando não posso passar todo o tempo desse mundo mimando e sendo mimada por Weslley -, parece certo e bom, na maior parte do tempo.

Estou envolvida com um projeto na faculdade o qual só posso adiantar que vai ser MUITO LEGAL e que vocês poderão ver em breve – e é ele mesmo que está sugando cada tempinho livre que eu tenho, me colocando para escrever, entrevistar, apurar, tirar fotos e gravar vídeos como se não houvesse amanhã. Mas não estou realmente ligando, por que é uma das poucas coisas que eu gostei de fazer naquele curso. Depois de um milhão de cadeiras pé-no-ovo que paguei e ainda pago, é um respiro descobrir algo na área do jornalismo que me interesse.

Além disso, também meio que fiz uma amiga nova, que nem é tão nova, por que já a conheço há um tempinho. É. Engraçado isso, né? Quando você convive com pessoas superlegais e nem sabe disso? Essa amiga em questão estuda na mesma sala que eu, mas por pertencemos a grupinhos diferentes, não nos falávamos muito. Não que fôssemos brigadas  ou coisa assim. Simplesmente não tínhamos muito contato, mesmo. Por que eu sempre fazia trabalhos com o meu grupinho específico e ela sempre com o dela e ficou difícil parar, conversar e se conhecer nesse meio-tempo. Mas eis que surgiu, nesse semestre, a oportunidade de trabalharmos juntas. E, né? Foi uma ótima descoberta. Sair da nossa zona de conforto pode ser bem válido e cheio de recompensas de vez em quando.

Mas não quero que vocês pensem que tudo são flores. Estou tendo aulas de disciplinas que não me interessam, com professores – na verdade, um professor – que tenho abuso.  Antes de ontem estive puxando os cabelos para conseguir um personagem para uma reportagem especial que vamos precisar fazer – depois de uma fonte farrapar lindamente comigo. Sexta-feira passada eu estava tentando me fazer entender por um professor que deveria estar aposentado e que não conseguia responder uma simples perguntas sim-ou-não sem fazer um grande  discurso antes. Também estou atolada de coisas pra fazer no trabalho, embora tenha gente em muito pior situação do que eu.

Não estou conseguindo fazer dieta ou economizar dinheiro, embora tenha planos pra isso – que talvez divida aqui mais tarde. Estou muito ocupada em viver o presente e preparar o futuro. E um chocolatinho não vai fazer mal, agora.

Anúncios

10 thoughts on “Só pra vocês saberem o que tem rolado

  1. Essas piras de faculdade são fodas. O estágio obrigatório do meu curso já começou e essa idéia de mil provas, trabalhos e projetos me deixa meio louca. Mas né, faz parte.

    e né, um chocolatinho não vai matar ninguém 🙂

    ps. olhei rápido e jurei que tinhas cortado teu cabelo bem curto.

  2. Tá fácil para ninguém. Sim é ótimo descobrir um amigo novo, espero que a amizade renda! E se não render, que seja bom enquanto dure, amigos na facul dão uma força e um animo.

    Beijos

  3. Vc mereceum chocolate, Amanda!!!
    Estou feliz por vc, pelo fato de a maioria das coisas na sua faculdade estarem dando certo pra ti!! E todos esses projetos, etc etc! É bom quando a gente sente que está fazendo a coisa certa né?!
    Que bom que conseguiu descobrir novas pessoas na sua vida, sempre dá uma renovada e a gente acaba vendo algumas coisas com outros olhos também..!!
    Um beijo grande!

  4. Amora, que saudade que eu tava de passar por aqui.
    A vida tá corrida mesmo, né? Eu acho isso muito bom!
    A minha melhor amiga eu conheci assim: saindo do meu grupinho e me juntando a ela.
    Foi ótimo e tal, mas confesso que não sou muito de sair da minha zona de conforto. Estou trabalhando nisso. 🙂
    Beeijo.

  5. Todas querem chocolate! *-*
    E eu acho muito bom quando mudo de opinião sobre determinada pessoa, sabe? Quando dou uma abertura pra ela me mostrar que é diferente do que eu pensava e ela corresponde as expectativas. Tenho grandes amigas por conta disso ^^
    E olha, eu só não digo que esse é o melhor semestre de todos com relação as disciplinas que eu tô tendo por conta da maldita cadeira de Ensino da Matemática. Pé no saco, é o que ela é (não que eu tenha saco, né, mas enfim rs)

    ;*

  6. Nossa, Amandinha, me cansou só de ler isso. Estou aproveitando que estou de “folga” do estágio (vulgo desempregada) pra estudar um pouco. Ânimo é que falta, mas é bom saber que não sou a única que se sente assim a respeito da faculdade!
    É bom fazer novos amigos e ter surpresas positivas com pessoas que a não esperava, não é mesmo? Na minha sala são 120 alunos, imagino que tenho chances de ter algumas dessas até o fim do curso.

    Beijos

  7. eita, tô na pira da facul também, e é um oasis achar um lugarzinho do curso que vc se identifica né. minha sorte é estar empregada (num bico de professora e tals IUSHAIHSUIAHS – veja pra onde caminha esta profissão)

    um chocolatizinho não mata, vá de consciencia limpa.
    beijos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s